Novo álbum de Anitta “Bang” reúne 15 faixas, versão acústica de “Deixa ele sofrer”, e se destaca pelas participações masculinas


Eclético: essa é a principal característica de “Bang”, o terceiro álbum da carreira de Anitta. Com inovações musicais e gráficas, o disco reúne um repertório de canções inéditas, a maioria delas compostas pela cantora em parceria com os produtores Umberto Tavares e Jefferson Júnior. Quem comanda a concepção estética é o diretor de arte Giovanni Bianco, também responsável pelo clipe do single que dá nome ao CD.

Neste trabalho, as referências rítmicas vão do pop ao hip hop, sem abandonar o funk que acompanha Anitta desde o início de sua trajetória musical. “No álbum tem de tudo! Tem rap, reggae, baladinha, pop, funk, hip hop... é muito eclético. Misturei vários ritmos, até uma levada de samba-rock”, revela, entusiasmada.

“Bang” vem sendo idealizado e preparado há um ano por Anitta e sua equipe, que não mediram esforços para dar ao álbum o melhor acabamento. Ao todo, as 15 músicas inéditas (incluindo os singles “Deixa ele sofrer” – também em versão acústica – e “Bang”) somam aproximadamente uma hora de duração. Assista ao clipe Bang.

“Esse disco apresenta uma nova Anitta, com uma nova linguagem e para todas as idades. É uma virada de página na minha carreira. Queria mostrar o poder de um acerto no alvo. Por isso escolhi fazer um álbum múltiplo, com músicas bem diferentes entre si” - Anitta

O videoclipe do novo single de trabalho de Anitta foi dirigido por Giovanni Bianco e já alcançou mais de 4 milhões de visualizações em menos de uma semana!